Tratamento do Parkinson

Os medicamentos usados no Tratamento do Parkinson

Os medicamentos usados no Tratamento do Parkinson

7 minutos O Parkinson é uma doença que parece colocar o mesmo rótulo em todos os pacientes, uma vez que seus sintomas se repetem com frequência, porém, os médicos sabem que cada paciente é um caso específico. Existem diretrizes gerais que devem ser seguidas na hora de optar pelo melhor tratamento, mas a verdade é que a escolha e combinação destes tratamentos conforme a avaliação individual do paciente é que vai determinar o sucesso do mesmo. Isso se reforça quando estamos falando de medicação Continue lendo

Congelamento no Parkinson, o que é e como superar?

Congelamento no Parkinson, o que é e como superar?

5 minutos O congelamento pode ser um sintoma comum do Parkinson. Geralmente, os pacientes descrevem este sintoma como se seus pés estivessem “colados” ao chão. Ao sentir o congelamento, o paciente poderá não conseguir se movimentar por alguns segundos ou minutos, por exemplo. Além disso, também pode sentir que a metade inferior está presa, mas a metade superior do corpo ainda é capaz de se mover. Os episódios de congelamento podem causar a interrupção no movimento enquanto o paciente de Parkinson caminha ou ao Continue lendo

Fisioterapia e Terapia Ocupacional na Doença de Parkinson

Fisioterapia e Terapia Ocupacional na Doença de Parkinson

4 minutos Muitos sintomas da doença de Parkinson afetam principalmente os movimentos. Músculos tensos, tremores e problemas para manter o equilíbrio podem dificultar até mesmo a locomoção. A medicação é ​​uma maneira de aliviar esses sintomas.  No entanto, a terapia física e ocupacional para Parkinson também pode colaborar para minimizar os problemas de movimento. Esses tipos de exercícios ensinam estratégias e habilidades para que o paciente de Parkinson possa se manter ativo e independente. Fisioterapia e Parkinson A fisioterapia ajuda a construir força, flexibilidade, Continue lendo

Como controlar a medicação na Doença de Parkinson

Como controlar a medicação na Doença de Parkinson

2 minutos Esquecer o horário de uma medicação ou se atrapalhar com a quantidade de remédios, nos primeiros estágios da doença de Parkinson, talvez pode não comprometer tanto o tratamento nem causar efeitos indesejados. No entanto, à medida que a doença progride, manter a disciplina com os horários dos medicamentos é essencial para aumentar o período ON, quando o paciente está sob efeito dos remédios, e, dessa forma, evitar que o período OFF apareça antes do previsto.  Quando isso acontece, os sintomas do Parkinson Continue lendo

Transtorno do controle do impulso na doença de Parkinson

Transtorno do controle do impulso na doença de Parkinson

3 minutos Transtornos do controle de impulsos (TCIs) são distúrbios comportamentais em que uma pessoa não consegue conter seus impulsos e se comporta de maneiras que resultam em prejuízo no domínio social e ocupacional. Na doença de Parkinson os distúrbios estão intimamente relacionados ao uso de medicamentos dopaminérgicos, e normalmente incluem jogo patológico, gastos excessivos, hipersexualidade e excesso de alimentação. Os pacientes podem apresentar mais de um TCIs simultaneamente.  A prevalência de TCIs na Doença de Parkinson não é precisamente conhecida. Um estudo realizado Continue lendo

Problemas de Pele Relacionados à Doença de Parkinson

Problemas de Pele Relacionados à Doença de Parkinson

4 minutos Alterações na pele são sintomas comuns da Doença de Parkinson (DP). Muitos pacientes de Parkinson desenvolvem problemas como pele oleosa ou escamosa, especialmente na face e no couro cabeludo. Outros têm problemas com a pele seca ou transpiração excessiva, por exemplo.  Alguns problemas de pele podem ser relativamente menores, enquanto outros podem ser angustiantes, embora raramente sejam graves. Tais problemas podem ocorrer a qualquer momento no curso da doença. Além disso, alguns estudos recentes mostraram um aumento da prevalência de câncer de Continue lendo

Perda de peso e a Doença de Parkinson

Perda de peso e a Doença de Parkinson

5 minutos Considerando que parece que grande parte da população deseja perder peso, as pessoas com Doença de Parkinson muitas vezes têm o problema oposto. Pacientes de Parkinson geralmente estão querendo ganhar peso, a fim de neutralizar a perda de peso aparentemente inexplicável. No post de hoje, falaremos um pouco sobre esse sintoma, as possíveis razões por trás dele e as formas de abordá-lo. Perda de peso no Parkinson A perda de peso é um sintoma inespecífico e pode ser um sinal de muitos Continue lendo

Disfagia e o Parkinson

Disfagia e o Parkinson

3 minutos Devido à perda progressiva de controle muscular, tanto voluntária quanto involuntária, além dos sintomas típicos de tremor e rigidez, muitos outros sintomas podem se desenvolver em um paciente com Doença de Parkinson. A disfagia é um desses sintomas.  Mais de 80% dos pacientes com Doença de Parkinson desenvolvem disfagia durante o curso da doença. O comprometimento da deglutição reduz a qualidade de vida do paciente, complica a ingestão de medicamentos e pode levar à desnutrição e à pneumonia aspirativa, que é uma Continue lendo

Efeitos da Doença de Parkinson na Sexualidade

Efeitos da Doença de Parkinson na Sexualidade

5 minutos Quando se trata da Doença de Parkinson, a diminuição da função sexual é praticamente inevitável. Da falta de desejo sexual à baixa libido até dificuldades com o funcionamento orgástico, essa doença neurológica crônica e progressiva pode prejudicar a sexualidade de uma maneira ou de outra. No entanto, isso não quer dizer que aqueles que sofrem com a doença de Parkinson não possam continuar suas vidas sexuais quando enfrentam tais desafios. Pacientes de Parkinson podem e devem manter ou recuperar sua vida sexual. Continue lendo

Diagnóstico Recente do Parkinson – Tudo que você precisa saber!

Diagnóstico Recente do Parkinson – Tudo que você precisa saber!

5 minutos Não há uma forma simples de lidar com o diagnóstico de Doença de Parkinson. Esta é uma situação que causa várias dúvidas e mudanças na vida da pessoa diagnosticada e também de seus familiares, exigindo um certo tempo para adaptação. Também não existem formas diretas e rápidas de combater a doença desde o primeiro dia, isso porque todo mundo possui um conjunto diferente de sintomas. Vale destacar que o Parkinson é uma doença altamente individualista, na qual cada pessoa experiencia a doença Continue lendo