Cirurgia de Parkinson

Benefícios da estimulação cerebral profunda para Parkinson podem durar pelo menos 15 anos, mostra estudo

Benefícios da estimulação cerebral profunda para Parkinson podem durar pelo menos 15 anos, mostra estudo

7 minutos Pesquisas confirmam o que os neurologistas têm visto em suas clínicas: fornecer pulsos elétricos ao cérebro pode oferecer benefícios a longo prazo para pessoas com doença de Parkinson. Neurology , a revista médica da Academia Americana de Neurologia, publicou um estudo que descobriu que a terapia de estimulação cerebral profunda é eficaz no alívio duradouro de certos sintomas da doença de Parkinson, bem como dos efeitos colaterais de alguns medicamentos comuns usados para tratar a condição progressiva. Os participantes do estudo também experimentaram uma Continue lendo

Estimulação Cerebral Profunda diminui a variabilidade da marcha e o risco de quedas em pessoas com Parkinson

Estimulação Cerebral Profunda diminui a variabilidade da marcha e o risco de quedas em pessoas com Parkinson

5 minutos A variabilidade da marcha, ou mudanças na passada durante a caminhada que se associam a um maior risco de quedas em pessoas com doença de Parkinson , diminuiu significativamente com o uso de estimulação cerebral profunda (DBS) pelos pacientes, mas não com medicamentos que aumentam a dopamina, mostrou um estudo. “Descobrimos que … DBS reduziu a variabilidade passo a passo em uma série de parâmetros de marcha dos membros inferiores em [Parkinson], enquanto a medicação dopaminérgica não teve efeito significativo”, escreveram os pesquisadores. Essas Continue lendo

Pesquisas em andamento e terapias promissoras para a Doença de Parkinson – O que há de novo em 2022?

Pesquisas em andamento e terapias promissoras para a Doença de Parkinson – O que há de novo em 2022?

5 minutos A doença de Parkinson é um distúrbio crônico e progressivo que faz com que você experimente certos sintomas físicos e cognitivos. Essas mudanças podem enfraquecer sua capacidade de controlar seus movimentos, falar e concluir tarefas diárias. Atualmente, não há cura para a doença de Parkinson . Mas se você ou um ente querido estiver com Parkinson, saiba que você não está sozinho(a). Existem muitos recursos e opções disponíveis, e há um campo crescente de pesquisa sobre a doença. Todos os dias, pesquisadores estudam novas terapias e possíveis Continue lendo

Descobertas promissoras no Tratamento da Doença de Parkinson

Descobertas promissoras no Tratamento da Doença de Parkinson

2 minutos Na última semana de 2021, a jornalista Mariza Tavares publicou no G1, que dois estudos indicam caminhos que podem levar a um novo patamar de intervenção terapêutica. Segunda a jornalista, para os pacientes com Doença de Parkinson, que ocupa o segundo lugar entre as desordens neurodegenerativas mais frequentes, há o que se comemorar. Tavares explica que a enfermidade, que começa a se manifestar por volta dos 60 anos e é mais comum entre os homens, afeta a capacidade do cérebro de controlar Continue lendo

Sinais que indicam que a doença de Parkinson está avançando

Sinais que indicam que a doença de Parkinson está avançando

4 minutos A progressão do Parkinson é descrita em cinco estágios. O estágio 1 começa bem no início, quando os primeiros sinais começam a aparecer. O estágio 5 descreve o estágio final da doença, quando os sintomas são piores e a pessoa precisa de cuidados de enfermagem 24 horas por dia. Para algumas pessoas, pode levar até 20 anos para passar por todos os estágios. Conforme você avança pelos estágios, seu médico e a equipe de atendimento farão alterações em seu plano de tratamento. É por isso que Continue lendo

7 maneiras de lidar com os efeitos colaterais dos medicamentos de Parkinson

7 maneiras de lidar com os efeitos colaterais dos medicamentos de Parkinson

4 minutos A prescrição de medicamentos é uma das principais formas de controlar os sintomas da doença de Parkinson. Vários medicamentos podem ser usados ​​para retardar a progressão desta doença. Pode ser necessário tomar uma combinação deles para controlar seus sintomas. Embora os medicamentos para Parkinson sejam considerados seguros, eles podem causar efeitos colaterais. Alguns desses medicamentos também podem interagir com outros medicamentos que você toma. Os medicamentos e seus principais efeitos colaterais Abaixo está uma lista de tratamentos com drogas comuns para a doença de Parkinson Continue lendo

Estimulação cerebral profunda considerada útil para pacientes com Parkinson em idade produtiva

Estimulação cerebral profunda considerada útil para pacientes com Parkinson em idade produtiva

5 minutos Um estudo descobriu que adultos em idade produtiva com doença de Parkinson que receberam estimulação cerebral profunda (DBS) mostraram melhor funcionamento social e ocupacional do que aqueles que receberam apenas as melhores terapias médicas. Como tal, os autores sugerem, DBS poderia ser prescrito para essa população de Parkinson para ajudar a preservar esses aspectos de suas vidas. O estudo, “ Impacto da estimulação cerebral profunda no funcionamento social e ocupacional na doença de Parkinson com complicações motoras precoces ”, foi publicado na revista Movement Disorders .  DBS é um tratamento estabelecido Continue lendo

Estimulação Cerebral Profunda: benefícios para pacientes em estágio avançado de Parkinson

Estimulação Cerebral Profunda: benefícios para pacientes em estágio avançado de Parkinson

4 minutos Um estudo recente chamado, “Devemos considerar a descontinuação da estimulação cerebral profunda na doença de Parkinson em estágio avançado?”, publicado na revista Movement Disorders, revelou que o tratamento continuado com estimulação cerebral profunda subtalâmica (DBS-STN) apresentou benefícios em pacientes com doença de Parkinson em estágio avançado.  O que é Estimulação Cerebral Profunda Subtalâmica (DBS-STN)? Primeiramente vamos explicar de modo bem geral do que se trata o DBS-STN. Esse procedimento consiste em implantar cirurgicamente um eletrodo no cérebro para estimular o núcleo subtalâmico Continue lendo

5 Passos que recém-diagnosticados com a doença de Parkinson devem seguir

5 Passos que recém-diagnosticados com a doença de Parkinson devem seguir

3 minutos Como falamos em postagens anteriores, a doença de Parkinson é uma condição neurológica degenerativa e que, até então, não tem cura. Essa condição afeta principalmente os movimentos e inclui tremores. Já os sintomas não-motores incluem depressão, constipação, perda de olfato e comprometimento cognitivo. Além disso, os sintomas variam de acordo com cada paciente. Geralmente, os primeiros sintomas do Parkinson são bastante sutis e surgem gradualmente, podendo até mesmo passar despercebidos por muito tempo e até serem atribuídos à traços característicos do envelhecimento, Continue lendo

Parkinson pode começar no intestino, não no cérebro

Parkinson pode começar no intestino, não no cérebro

4 minutos Geralmente, a doença de Parkinson é mais associada aos tremores, rigidez e dificuldade de movimentação que são causadas por neurônios que morreram no cérebro. Embora existam alguns tratamentos para retardar o progresso da doença, não há como preveni-la ou curá-la e, além disso, os pesquisadores ainda não encontraram exatamente a causa dessa doença e como ela progride.   Segundo pesquisadores americanos, em uma descoberta recente, a origem da doença pode ser muito mais profunda e estar associada ao intestino. A pesquisa realizada Continue lendo